19/09/2017

Aliança Saúde Competitividade integra Rede de Inclusão SESI/SC

Iniciativa busca tornar a indústria catarinense mais inclusiva e competitiva, por meio da articulação entre diferentes atores e disponibilização de um portal de apoio à inclusão de pessoas com deficiência e reabilitadas.

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) está articulando uma rede com o objetivo de tornar a indústria catarinense mais inclusiva e competitiva. Coordenada pelo Núcleo de Sustentabilidade do SESI/SC e pela Aliança Saúde Competitividade, a iniciativa busca apoiar a criação de ambientes organizacionais mais inclusivos, gerar impacto social nas comunidades onde as indústrias estão inseridas e ampliar a qualidade do diálogo sobre o tema.

A Rede de Inclusão é resultado de um olhar qualificado da FIESC para o tema e do entendimento que a atuação em conjunto traz melhores resultados nesta área. A iniciativa atende a necessidade de diversos públicos envolvidos com esta causa. As indústrias, por exemplo, precisam cumprir a cota legal (Lei nº 8.213/91), estruturar programas internos, articular e dialogar com o poder público e com as entidades; as organizações públicas e do terceiro setor anseiam por conectar as pessoas com deficiência com as oportunidades de trabalho; e as pessoas com deficiência desejam ingressar e ser incluídas no mercado de trabalho.

A iniciativa promove a conexão entre indústria, pessoas com deficiência e reabilitadas, entidades e poder público. A Rede também busca fomentar a criação de uma cultura de inclusão nas organizações e sociedade, bem como tornar o tema transversal às áreas de negócios. E, além disso, está sendo desenvolvido o portal Incluir para Crescer, onde estará disponível um banco de currículos de profissionais com deficiência, espaço para publicação de vagas, e informações de organizações que trabalham com o tema.

Na Rede de Inclusão, a FIESC, por meio do SESI/SC, atua como articulador e promotor da inclusão para a indústria, além de contribuir para ampliar o acesso das pessoas com deficiência à escolarização, através das escolas inclusivas do SESI, e à qualificação profissional, através do SENAI.

Referência no tema
O tema não é novo no SESI e a organização já é reconhecida por sua experiência na área. Há mais de uma década o SESI atua junto às industrias em projetos de inclusão de pessoas com deficiência e conta com profissionais com experiência em inclusão no ambiente industrial. O SESI-SC desenvolveu, por exemplo, o Programa de Inclusão da Pessoa com Deficiência na Indústria com o objetivo de diminuir as principais barreiras que dificultam ou impedem a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho, e a indústria, de contratá-las.

O Programa de Inclusão se deu em cinco etapas: mapeamento do perfil sócio profissional das pessoas com deficiência em Santa Catarina, através da realização de um censo; mobilização e sensibilização das pessoas com deficiência e das indústrias; escolarização nos níveis fundamental e médio na Educação de Jovens e Adultos (EJA); qualificação profissional em parceria com o SENAI; inclusão no ambiente de trabalho com avaliação dos postos de trabalho do ambiente industrial; e desenvolvimento de programas de valorização e gestão da diversidade nas empresas.

Ciente da sua credibilidade perante a indústria catarinense e do seu potencial como mobilizador, o SESI/SC está construindo a Rede de Inclusão inspirada em uma experiência realizado em 2014 em Jaraguá do Sul. A Rede está sendo articulada, inicialmente, nas cidades de Joinville, Blumenau, Grande Florianópolis, Jaraguá do Sul, Chapecó e Caçador. A atuação nas cidades acontece de acordo com as necessidades locais, podendo incluir, por exemplo, workshop de capacitação dos profissionais do SESI que atuam na indústria; formalização de parcerias com órgãos públicos e entidades; participação em ações regionais; e palestras técnicas ou de sensibilização voltadas aos diferentes atores que atuam com o tema, como lideranças empresariais, representantes do poder público, médicos do trabalho e profissionais de recursos humanos.

O lançamento oficial da Rede de Inclusão deve acontecer ainda este ano, paralelamente ao lançamento do portal Incluir para Crescer.

Iniciativas Relacionadas