24/10/2018

SESI CRIA REDE NACIONAL SOBRE LONGEVIDADE

Iniciativa do SESI estimula o compartilhamento de conhecimento e o fortalecimento da temática em todo o País.

Discussões e a oferta de soluções relacionadas ao envelhecimento da força de trabalho e à longevidade tem ganhado cada vez mais espaço no Serviço Social da Indústria (SESI) e nos Centros de Inovação SESI. Com o objetivo de estimular o compartilhamento de conhecimento e fortalecer a temática em todo o País, o Departamento Nacional do SESI criou a Rede Longevidade.

A Rede é liderada pelo SESI Nacional em parceria com o Centro de Inovação SESI – Longevidade e Produtividade (CIS LP), sediado em Curitiba (PR), onde foi realizada a segunda reunião presencial do grupo, nos dias 16 e 17 de outubro. “O encontro teve como objetivo principal engajar os integrantes da Rede, debater novas formas de trabalhar a temática da longevidade, compartilhar informações, ressaltar a transversalidade do tema, discutir sobre os ganhos da manutenção da capacidade laboral e do envelhecimento saudável e ativo, e estimular para que o tema seja cada vez mais debatido dos diferentes Departamentos Regionais”, explica a coordenadora do Centro de Inovação – Longevidade e Produtividade, Noélly Mercer.

Modelo Multidimensional da Capacidade para o Trabalho
Na ocasião, os integrantes da Rede Longevidade tiveram a oportunidade de conhecer as diferentes soluções do CIS LP, que utiliza em suas metodologias o Modelo Multidimensional da  Casa de Capacidade de Trabalho, do Instituto Finlandês de Saúde Ocupacional. O Modelo considera que a capacidade para o trabalho é estruturada com base no equilíbrio entre os recursos individuais, os fatores relacionados ao trabalho e o ambiente macrossocial. O conceito de capacidade para o trabalho diz respeito à capacidade que o trabalhador dispõe para desempenhar suas tarefas, sendo esta capacidade condicionada pelas demandas do trabalho, pelo seu estado de saúde e por suas habilidades físicas e mentais.

O modelo é expresso na forma de uma casa com quatro andares, sendo que o primeiro andar representa e estado de saúde e aptidões funcionais, incluindo os aspectos físico, mental e social; o segundo andar diz respeito à competência profissional (conhecimentos e habilidades, treinamento e aprendizagem no trabalho) e seu contínuo desenvolvimento; piso representa aspectos internos do indivíduo e que se manifestam como valores, atitudes e motivação; e o último andar representa fatores vinculados ao trabalho, carreira e liderança.

Soluções do CIS Longevidade e Produtividade
Entre as consultorias oferecidas pelo CIS LP e apresentadas aos integrantes da Rede estão: Vida e Trabalho, que utiliza ferramentas de coach para abordar com os trabalhadores da indústria dez temas relacionados à longevidade; Prevenção Doenças Crônicas, que tem como foco atuar no combate à obesidade e hipertensão; Gestão da Diversidade, que trabalha desde a inclusão de pessoas com deficiência até temas relacionados aos trabalhadores com mais idade; Trabalho e Equilíbrio, que faz uma avaliação e auxilia na construção de plano para implementação de políticas e práticas para gestão de fatores psicossociais relacionados a produtividade e longevidade; e Relações Intergeracionais, que utiliza a investigação apreciativa para trabalhar questões de conflitos intergeracionais em pequenas e médias empresas. O CIS LP possui ainda o Programa Reinvenção do Trabalho, que apoia profissionais aposentados, ou próximos à aposentadoria, a se prepararam para um novo ciclo de vida.
 
Mais informações sobre o CIS LP em www.longevidade.ind.br

Notícias Relacionadas